Feeds:
Posts
Comentários

Archive for outubro \21\UTC 2007

Eh neh?! Coisa estranha, acabei de ler um post no blog vizinho. Um texto completamente apaixonado, lindo, Invejável ¬¬

http://miataide.wordpress.com/2007/10/19/oxi/

 Droga de vida ¬¬

HUASUHauhshuasuhahushuasuhausUASUhAUHSuahsuh

Brincadeira! Tô bastante feliz como minha vida, apesar de todos os pesares q teimam em continuar pesando!

Às vezes eu me pego pensando se minha hora vai chegar, se eu realmente um dia viverei a glória de ser amada e não de apenas amar. Penso se essa parada de amor consegue mesmo ser recíproco, ou eh coisa da cabeça de gente apaixonada. Mas vendo esse post citado acima, dah pra ter uma real impressão do que é isso. Acho que só não perdi totalmente a esperança por conviver com pessoas assim, como Michelle e Diogo, são os tipos de pessoa que nos fazem acreditar que o tão falado “Amor” uma hora vai bater a nossa porta. Coisa linda de se vê esses dois, digo, esses três! Nem dá pra esquecer Giovanna neh?!

Mudando de assunto…

blog.jpg

Pois é, por incrível que pareça pra mim, as coisas estão se acertando, o amor já não é mais o mesmo, já não assusta tanto por ser tão grande e tão fora das minhas espectativas e imaginar uma vida sem o que eu teimava em imaginar pra sempre” já não me incomoda mais, muito menos me deixa triste. Imaginar uma vida diferente, acreditando que eu tenho força e capacidade pra fazer tudo de novo e ainda melhor só me faz uma menina ainda mais segura e com mais vontade de viver. Foram coisas ruíns, porém, a felicidade que aos olhos dos outros foi pouquinha, pra mim foi extremamente incrível e especial. Por fim, retira-se disso tudo, uma nova Flávia, uma nova vida, uma nova forma de pensar, um novo horizonte, novas amizades, tudo novo [de novo]!

Read Full Post »

para-o-blog2.jpg

[Adeus você- Los Hermanos]

Escutar essa música em meados de 2006 era o mesmo que passar uma semana sem comer, apanhado todo dia e dormindo na chuva. Sentia um vazio enorme, uma dor terrível, uma sensação de que tava tudo perdido, insegurança. Sofrer era minha política de vida. Sei que algumas pessoas ao lerem isso aqui, vão se sentir supresas por essa revelação, pq apesar de todos os pesares, eu conseguia disfarçar muito bem, essa pelo menos era minha intenção. Não queria preocupar ninguém, até pq, acho mesmo que ninguém ia entender…

Bem, que eu sofri é fato, e que eu resolvi parar de sofrer tb! 

Pretendo ter tirado belas e boas lições de tudo o que passou, hj me sinto melhor, aliás, hj eu sou melhor! Decidi por viver a vida como eu quero que ela seja, e não aceitá-la como ela é!

Ps: A letra da música diz tudo, não preciso explicar mais nada a respeito do q aconteceu, neh não?! =]

Read Full Post »

Não sei pq, mas ando tão esquisita esse dias! Sinto falta de algo, sinto falta de alguém, sinto coisas estranhas, coisas ruins. Ando meio desacreditada no tão falado e talvez vivido amor. Mas ao mesmo tempo me sinto feliz, feliz por desacreditar, feliz por sentir falta de alguém e não “do alguém”, feliz por simplesmente estar feliz.

Muita coisa aconteceu de uns anos pra cá, e eu descobri que a gente aprende muito mais quando pára um pouquinho pra pesar tudo o que aconteceu. Nossas atitudes, escolhas, decisões, enfim, tudo o que fizemos ao longo de uma adolescência.

Decidi usar meu blog pra contar pra alguns gatos pingados através de palavras minhas ou talvez de outras pessoas (músicas e poesias), a minha visão de tudo o que aconteceu, de tudo o que passou, a minha versão, o meu aprendizado.

 para-o-blog.jpg

Não sei bem por onde começar, mas sei perfeitamente como afirmar que hoje me sinto alguém mais forte, mais segura e bem mais Eu!

 incorpo1.JPG

[In’Corpo]

Read Full Post »